Compartilhe

O pai de Geovani e Jeferson, Wellington Martins Nogueira, esteve na delegacia, e relatou que depois da morte do bebê um grupo de 15 pessoas teriam sequestrado sua filha de 12 anos, Jeane de Melo Nogueira, que está desaparecida. Chorando bastante, ele disse que a menina foi tirada dos braços dos familiares que estavam no momento. Segundo disse, os homens teriam dito: “queremos esta safada aí e vamos levar”.

Wellington disse que sua foi espancada e que até agora não tem qualquer informação sobre o seu paradeiro. Acredita que o sequestro de Jeana tanha relação com o ataque que culminou com a morte de Antony Caleb Bezerra da Silva, de 1 ano e 6 meses.

“A polícia me disse que estão fazendo buscas, mas até agora não encontraram. Eu cheguei a ter uma informação que ela estaria numa casa pedindo socorro”, afirmou. Wellington lembra o caso em que seu filho foi morto por vingança, Jean de Melo Nogueira, 18.

O pai reconhece que os filhos se envolverem em crimes de furto e de roubo de moto, mas nega que teria conhecimento da participação deles na morte da criança. “Desde ontem eu estava sem contato com ele. Não tenho sequer celular”, afirmou. “Eu soube que, quando eles foram presos, confessaram o crime e estou aqui em busca de explicações”, acrescentando que está aflito tanbém por notícias da sua filha.

Mossoró Hoje