O sonho da instalação do Polo de Confecções do Sertão da Paraíba, com sede em Cajazeiras, começa a se tornar realidade com a visita do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao município na manhã desta quarta-feira (4). O chefe do Executivo estadual veio lançar programas de linha de crédito e incentivo fiscal e fazer a doação de um terreno para incentivar a produção e venda de confecções locais. A solenidade aconteceu na Escola Técnica Estadual.

“Esse é um sonho que está se concretizando porque há vários anos nós estamos estudando uma vocação dessa região, que é exatamente ser um polo de confecções. Para isso precisaria ter primeiro uma política fiscal diferenciada; segundo uma política de formação de recursos humanos que possa dar ao produto da região uma outra qualificação com capacidade de ganhar o mercado; e terceiro que pudesse ter crédito disponível para alavancar as atividades comerciais. O Polo de Confecções do Sertão traz as três coisas juntas”, frisou o governador.

 

O deputado estadual Jeová Campos (PSB), que iniciou a luta pelo polo de confecções na sua primeira gestão, também comemora o início de um sonho que está se tornando realidade.

“É o resultado de uma vontade parlamentar que se estabeleceu desde o ano de 2007 quando eu fui eleito pela primeira vez. E era preciso uma política governamental nesse sentido, de alavancar o segmento da confecção. Graças a Deus o governador veio hoje lançar esse projeto”, disse.

O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, vereador Marcos Barros (PSB), ressaltou que “todas as vezes que o governador vem à cidade de Cajazeiras, vem trazer benefícios. Desta feita trazer uma ação do governo que será muito importante para aquelas pessoas que vendem confecção na região”.

Solenidade aconteceu na Escola Técnica Estadual

Incentivos

Entre as ações do Governo do Estado que fazem parte do projeto de incentivo ao Polo de Confecções do Sertão estão a disponibilização de R$ 6 milhões em créditos do Empreender para o setor produtivo; a implantação de um regime fiscal com redução da alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços); a disposição de terrenos para a instalação de novas fábricas têxteis; ampliação da formação profissional de jovens na Escola Técnica de Cajazeiras em cursos específicos para atuarem no setor, entre outras medidas.

 

 

Diário do Sertão

 

Catolé em Foco

Leia Mais em Catole em Foco
Curta nossa Pagina do Facebook, nos siga no Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do Facebook
Nos mande mensagem no Whatsapp