O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) retomou na tarde desta segunda-feira (24) o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB) por suposto uso político da PBPrev nas eleições de 2014. A ação foi movida pela coligação A Vontade do Povo, encabeçada pelo então candidato Cássio Cunha Lima (PSDB).

Iniciado na última segunda-feira (17), o julgamento da Aije da PBPrev foi interrompido após pedido de vista da juíza Micheline Jatobá. Antes, o relator do processo, desembargador Romero Marcelo votou contra a cassação do governador, enquanto o juiz Márcio Maranhão se posicionou pela cassação de Ricardo Coutinho.

Veja também: Trabalhadores da Cagepa se sentem traídos por Cássio e pedem renúncia do mandato.

No voto vista proferido na tarde deste segunda, a juíza Micheline Jatobá seguiu o relator e votou contra a procedência da ação. Logo em seguida, o juiz Breno Wanderley também julgou a Aije improcedente, deixando o placar 3 a 1 favorável ao governador Ricardo Coutinho.

 

Catolé em Foco

Leia Mais em Catole em Foco
Curta nossa Pagina do Facebook, nos siga no Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do Facebook
Nos mande mensagem no Whatsapp