Compartilhe

O governador Ricardo Coutinho (PSB) pediu a designação de um delegado para a apurar o vazamento de nomes de servidores que prestam serviço do Estado na chamada ‘lista de codificados’.

Em entrevista ao Portal ReporterPB, durante evento do Orçamento Democrático em Sousa, o socialista disse que pediu uma investigação policial para averiguar os responsáveis pelo que chamou de fraude.

“Já pedi à Secretaria de Segurança Pública a designação de um delegado para que a polícia descubra quem são os responsáveis por essa fraude.

Aumentar a folha, que é de R$ 15 milhões para R$ 23 milhões, e acham que vão enganar a população durante quanto tempo?”, questionou o governador.

“De onde partiu nós sabemos, que foi a diretoria do Sindifisco junto com um blog e serão responsabilizados”, garantiu.

Ricardo alegou que há mais de um ano a informação estava em poder dos denunciantes e que só agora decidiram torná-la pública.

“Eles fraudaram a folha. Receberam isso há um ano trás, guardaram e foram soltar agora dizendo que havia um escândalo.

Fraude é crime. Os responsáveis serão punidos. Se forem funcionários públicos perderão os cargos e se não forem serão processados na justiça”, advertiu.

O governador voltou a defender que seu governo tem tido a preocupação de resolver a situação dos funcionários e que isso começou com o envio da lista de servidores ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

“Os codificados que eram clandestinos nos governos anteriores.

Eu fui o único que encaminhei a relação para o TCE para dar transparência a isso.

Este é o governo que tem compromisso verdadeiro com a transparência e com o dinheiro público”, finalizou.

FONTE: Blog do Gordinho