A Polícia Militar, por meio da 3ª Companhia do 14º Batalhão, prendeu em flagrante os dois suspeitos de matar a tiros, no começo da manhã desta terça-feira (10), o albergado Gildeonecy Alves Formiga, de 36 anos, no centro da cidade de Pombal –  que estava há quatro meses sem registros de crimes contra a vida.

Os suspeitos, de 32 e 36 anos, foram presos em menos de 4 horas de diligências, que contaram com várias informações da população para chegar até eles.

O de 32 anos foi preso em casa. Já o acusado de 36 anos foi preso em uma loja de motos, ambos na cidade de Pombal. Os dois são suspeitos de atuar no tráfico de drogas da região.

O assassinato aconteceu depois das 5h da manhã, quando a vítima estava chegando em casa, após deixar a cadeia pública, já que era preso do regime semiaberto (que fica recolhido apenas à noite).

Os acusados identificados como José Morais Soares Filho, 36 anos (Pombal – PB) e Everaldo de Sousa Oliveira, 32 anos (Pombal – PB), tinham montado uma ‘tocaia’ e atiraram com espingarda e pistola pelas costas do albergado, que cumpria pena por tráfico de drogas. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital da cidade.

A dupla acusada foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil, em Pombal.

Ascom

Catolé em Foco

Leia Mais em Catole em Foco
Curta nossa Pagina do Facebook, nos siga no Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do Facebook
Nos mande mensagem no Whatsapp