A nova fase da Operação Gabarito, deflagrada na manhã desta sexta-feira (12), prendeu seis pessoas acusadas de envolvimento em fraudes de concursos públicos e vestibulares.

Dois policiais militares, um funcionário do Detran, um guarda municipal de João Pessoa e uma estudante de medicina estão entre presos na operação. Eles foram levados para fazer exame de corpo delito no Instituto de Polícia Cientifica e devem ficar presos por, pelo menos, cinco dias.

Um Policial Rodoviário Federal está foragido. Ele é acusado de participar da fraude em um vestibular de medicina que teve a filha como primeira colocada.

Há também um mandado sendo cumprido em Olinda, Região Metropolitana de Recife, em Pernambuco.

Leia Também: Veja a lista dos 40 concursos fraudados pela quadrilha dos granfinos

 

Fonte: Mais PB

Catolé em Foco

Leia Mais em Catole em Foco
Curta nossa Pagina do Facebook, nos siga no Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do Facebook
Nos mande mensagem no Whatsapp