Compartilhe

O jovem, André Coimbra Cordeiro foi preso, na Zona Rural do Município de Água Branca. Ele é o principal acusado de ter matado o jovem Allison Ferraz, crime praticado na madrugada do último dia 22.

De acordo com informações da polícia, juntamente com um funcionário, identificado como ‘Antônio Corró’, o acusado do crime desovou o corpo na Serra do Mocambo, uma área de difícil acesso, localizada na Zona Rural de Tavares.

O primeiro acusado já havia se entregado à polícia e confessado participação no crime. Ele foi liberado por ter livrado o flagrante, mas voltou a ser preso por força de um mandado de prisao, expedido pela Justiça de Princesa Isabel.

Na tarde desta sexta-feira, André se entregou, na zona rural de Água Branca. Em seguida, com uma Bíblia na mão ele seguiu direto para o Município de Patos, onde prestou depoimento à Polícia Civil e foi encaminhado para o presídio local.

André Coimbra estava frequentando uma igreja Evangélica recentemente e se diz convertido. Ele gravou áudio explicando o crime.

No áudio o acusado confessou o crime e disse que cometeu o homicídio por ciúmes. A vítima estaria mantendo um relacionamento com sua ex-esposa. Ele explicou que estava em uma festa e ao retornar viu quando a vítima entrou na casa da sua ex-exposa. Segundo ele, quando a vítima saiu da residência, foi abordada por ele, colocada dentro de um veículo e levada para o local do crime.

Depois de uma sessão de interrogatório, o acusado teria amarrado um fio no telhado e matado a vítima enforcada. Em seguida, saiu para abastecer o veículo. Ao retornar para o local, colocou o corpo em veículo e a levou para a Serra do Mocambo, onde fez a desova.

Gilberto Angelo Vale do Piancó Noticias

Leia mais notícias em Catolé em Foco, nos siga nas redes sociais =>Facebook, Instagram e Twiter.
Entre em nosso grupo do Facebook e do whatsapp. Contato (83) 9.9980-8979 - Email: [email protected]