Compartilhe

Começou a circular, neste domingo (24), nas redes sociais mais um vídeo com brasileiros assediando estrangeiras durante a Copa do Mundo realizada na Rússia. As informações são do portal G1.

No vídeo em questão, dois homens, com uma mulher no meio deles, começam a cantar uma música fazendo referência à genitália dela. Ainda segundo o G1, um dos homens do vídeo seria um empresário dono de um supermercado da cidade de Rio Claro, em São Paulo. Ele, que já teria voltado ao Brasil, por sinal, foi orientado pelo seu advogado para não comentar o caso.

OUTROS CASOS
Há uma semana, a atitude de um grupo de torcedores do Brasil gerou polêmica, revolta e envergonhou muita gente. Em diferentes vídeos que circulam pelas redes sociais, pelo menos quatro torcedores com a camisa verde e amarela aparecem ao lado de uma estrangeira cantando palavras obscenas sem que a moça os compreenda. Para os pernambucanos, chamou a atenção o fato de que um dos presentes é ex-secretário de Turismo de Ipojuca, o advogado Diego Valença Jatobá. Todos eles podem responder juridicamente pelo caso.

LATAM DEMITIU FUNCIONÁRIO
A Latam demitiu nesta quarta-feira (20) o supervisor de aeroportos Felipe Wilson, que participou de um vídeo na Rússia, durante a Copa do Mundo, assediando três mulheres russas. Na gravação, ele pede que as jovens repitam a frase: “Eu quero dar a b… para vocês”, sem explicar o significado.

Leia mais notícias em Catolé em Foco, nos siga nas redes sociais =>Facebook, Instagram e Twiter.
Entre em nosso grupo do Facebook e do whatsapp. Contato (83) 9.9980-8979 - Email: [email protected]