Compartilhe

O agricultor José Iranildo Vieira de Assis, 52 anos, matou a tiros a garçonete Kaline Marcolino Machado, 25 anos, enquanto ela trabalhava em um bar na praça da alimentação em São José de Piranhas, e depois se suicidou em Cajazeiras. A tragédia aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 7 de setembro.

Segundo informações registradas no Boletim de Ocorrência, pela 3ª Companhia de Polícia Militar, o acusado chegou no local e efetuou pelo menos quatro disparos no local, alvejando a jovem, e depois fugiu em um veículo modelo Gol branco pela PB-400 rumo a Cajazeiras.

A polícia foi acionada, entrou em diligência, e minutos depois encontrou o veículo parado com o acusado ferido na região da cabeça, e um revólver calibre 38 dentro do carro. A polícia acredita que o acusado pode ter cometido suicídio.

Familiares relataram à polícia que recentemente o acusado teria acabado um relacionamento com a jovem e não aceitava o fim do romance. Kaline deixou um filhinho de 4 anos de idade.

O crime deixou a cidade bastante abalada e muitas pessoas que se encontravam em praça pública da cidade ficaram bastante assustadas após perceberem a ação.

Radar Sertanejo