Compartilhe

A família do taxista Antônio Arieudes Márcio de Menezes, natural de Governador Dix-Sept Rosado, acredita ser dele o corpo carbonizado encontrado no dia 30 de Abril dentro de um carro queimado no município de Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte.

O carro foi encontrado completamente queimado na noite desta segunda-feira, e havia sinais de explosão. Dentro do veículo, segundo a polícia, estava um corpo no banco de trás. A suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso.

De acordo com a Polícia Militar, o carro estava em uma estrada de terra nas proximidades do Assentamento Sol Nascente. O veículo foi encontrado por moradores da região, que acionaram a equipe da polícia.

Após uma consulta na placa do Corolla com placas de Governador Dix-Sept Rosado, constatou-se que o carro está em nome de uma empresária que mora em Mossoró. A mulher foi localizada pela PM. A suspeita é de que o corpo seja do marido da mulher, o taxista Antônio Arieudes.

Na manhã desta terça-feira, os familiares do homem compareceram à Delegacia de Plantão, em Mossoró, onde registraram o Boletim de Ocorrência (BO) sobre o possível desaparecimento dele.

Antônio trabalhava no carro fazendo viagens encomendadas para Fortaleza, capital do estado do Ceará. O corpo foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) para passar pela autópsia e aguardar a identificação. Devido ao estado avançado de carbonização, não é possível confirmar que seja o taxista.

Fonte: Notícias do Face RN

Compartilhe