Na manhã desta terça-feira (15), por volta das 9h20, dois colaboradores da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram mortos a tiros dentro do carro da empresa, no Sítio Natureza, no Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís, no Maranhão.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, ainda é cedo para se dizer ao certo o que pode ter levado ao duplo assassinato, mas supõe-se que a motivação tenha sido o corte de energia de uma residência da região. João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva morreram instantaneamente, dentro do veículo.

Viaturas do 22º Batalhão e do Centro Integrado de Polícia e Segurança (CIOPS) estão no local, assim como o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (ICRIM), para fazer os levantamentos.

A polícia suspeita de que os disparos tenham partido de dois homens que dirigiam uma motocicleta. Diferente do que tem se veiculado em alguns meios de comunicação, ninguém foi preso até agora. A Polícia Civil fica encarregada da investigação do caso.

Em nota, a Cemar se pronunciou sobre o caso:

Nota de Esclarecimento

A Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informam que irão acompanhar os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais do homicídio ocorrido na manhã desta terça-feira (15), no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, vitimando os colaboradores João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

Cabe esclarecer que a Companhia e o Consórcio Norte irão acompanhar e colaborar com o trabalho de investigação da polícia, que deverá identificar as causas que levaram ao homicídio.

Neste momento as empresas lamentam e se solidarizam com os familiares e estão empenhadas em prestar toda assistência necessária.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Catolé em Foco
Fonte: O Impacial