O lateral-direito Daniel Alves não disputará a Copa do Mundo da Rússia pela Seleção Brasileira. Após sofrer lesão no joelho direito na última terça-feira (9 de maio), em partida pelo Paris Saint-Germain, na final da Copa da França, vencida pelos parisienses. O defensor não terá condições de se recuperar a tempo para disputar o Mundial, uma vez que os exames preliminares apontaram para uma uma ruptura no ligamento cruzado do membro. A informação é da repórter FOX Sports Helena Calil, que está em Paris, e teve acesso a uma fonte do próprio clube. O anúncio conjunto, entre PSG e CBF, deverá ser feito nas próximas horas.

Hoje pela manhã, o apresentador Luciano Calheiros já havia adiantado a informação de que o lateral do PSG deveria perder a Copa. “Não é sentimento, é informação. O otimismo vai perdendo espaço para o pessimismo. Dificilmente o Daniel Alves terá condição de jogar a Copa do Mundo”, falou no Bom Dia FOX.

Assim como na lesão de Neymar, existe a possibilidade de haver um novo imbróglio envolvendo PSG e CBF. Rodrigo Lasmar, médico que operou o camisa 10 da Seleção com sucesso em Belo Horizonte, no último mês de março, está na França para analisar o lateral. O assunto em discussão seria a realização ou não da cirurgia. De prontidão, o camisa 32 se propês a realizar o tratamento na capital francesa, diferentemente do seu compatriota, que o fez em solo brasileiro.

Com isso, o lateral não terá o seu nome anunciado na próxima segunda-feira (13) na convocação final do técnico da Seleção Tite para a Copa do Mundo. A tendência é que Rafinha, do Bayern München, e Danilo, do Manchester City, sejam os escolhidos pelo treinador para ocuparem as vagas na lateral direita.

FoxSport

Catolé em Foco

Leia Mais em Catole em Foco
Curta nossa Pagina do Facebook, nos siga no Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do Facebook
Nos mande mensagem no Whatsapp