Compartilhe

Um casal tentou tomar de assalto uma motocicleta, mas o dono resistiu. A comparsa do marginal ordenou que ele sacasse de pistola Ponto 40 e atirasse na cabeça de uma criança de oito anos que estava com a roupa do colégio na garupa do pai.

O bandido sacou da arma, que travou, mas ainda conseguiu levar a moto e a mulher não teve como fugir.

Populares que assistiram assustados os insistentes pedidos da mulher para que o comparsa acertasse um tiro na cabeça do menor, ao perceberem a fuga do marginal, caíram pra cima dela, espancando-a com socos, pontapés e chineladas.

Não fosse a interferência de terceiros e depois da polícia, a mulher estaria com os minutos contados por causa da reação das pessoas indignadas.

Fonte: Blog do Luís Cardoso