Compartilhe

O mercadinho que fica em frente ao local onde aconteceu o duplo homicídio não abre as portas desde o último sábado (25). No local, duas pessoas foram assassinadas a tiros. Dois homens estavam bebendo em frente ao mercadinho.

Um dos homens foi identificado apenas como Edson, motorista de um aplicativo. E o outro, foi identificado como Carlistenio Ricardo Magalhães Oliveira, de 24 anos, ele trabalhava com a mãe com costura no bairro.

Os dois homens foram mortos por um grupo que chegou em um veículo de cor preta, quatro homens desceram e atiraram nas vítimas. Eles ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Tudo aconteceu na presença de uma criança, que estava em uma bicicleta cargueira com o pai. Antes de sair, um deles leva o celular de um rapaz que estava no local.

Um irmão de Carlistenio disse que não acredita na justiça, disse também que o irmão não respondia a procedimentos, nem era ameaçado, nem usuário. Ele diz desconhecer a motivação para os crimes. O outro rapaz também seria um cidadão, trabalhador.


News365