Compartilhe

Um preso de 44 anos foi encontrado morto em uma cela da Penitenciária Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1), em João Pessoa.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o detento foi encontrado enforcado. Será aberta uma sindicância para apurar se o preso cometeu suicídio ou se alguém o assassinou e simulou a situação de atentado contra a própria vida.

Ainda conforme a Seap, o preso era natural de Catolé do Rocha e considerado de alta periculosidade. A pena à qual ele foi condenado era superior a 100 anos e a lista de crimes praticados por ele inclui latrocínio (roubo seguido de morte) e homicídio.

Compartilhe