Compartilhe

O lateral-direito Daniel Alves não disputará a Copa do Mundo da Rússia pela Seleção Brasileira. Após sofrer lesão no joelho direito na última terça-feira (9 de maio), em partida pelo Paris Saint-Germain, na final da Copa da França, vencida pelos parisienses. O defensor não terá condições de se recuperar a tempo para disputar o Mundial, uma vez que os exames preliminares apontaram para uma uma ruptura no ligamento cruzado do membro. A informação é da repórter FOX Sports Helena Calil, que está em Paris, e teve acesso a uma fonte do próprio clube. O anúncio conjunto, entre PSG e CBF, deverá ser feito nas próximas horas.

Hoje pela manhã, o apresentador Luciano Calheiros já havia adiantado a informação de que o lateral do PSG deveria perder a Copa. “Não é sentimento, é informação. O otimismo vai perdendo espaço para o pessimismo. Dificilmente o Daniel Alves terá condição de jogar a Copa do Mundo”, falou no Bom Dia FOX.

Assim como na lesão de Neymar, existe a possibilidade de haver um novo imbróglio envolvendo PSG e CBF. Rodrigo Lasmar, médico que operou o camisa 10 da Seleção com sucesso em Belo Horizonte, no último mês de março, está na França para analisar o lateral. O assunto em discussão seria a realização ou não da cirurgia. De prontidão, o camisa 32 se propês a realizar o tratamento na capital francesa, diferentemente do seu compatriota, que o fez em solo brasileiro.

Com isso, o lateral não terá o seu nome anunciado na próxima segunda-feira (13) na convocação final do técnico da Seleção Tite para a Copa do Mundo. A tendência é que Rafinha, do Bayern München, e Danilo, do Manchester City, sejam os escolhidos pelo treinador para ocuparem as vagas na lateral direita.

FoxSport

Compartilhe