Compartilhe

A Policia Rodoviária Federal prendeu os dois suspeitos de terem matado, com tiro na cabeça, o bebê Antony Caleb Bezerra da Silva, de 1 ano e 6 meses, na noite deste domingo, 4, quando brincava com os pais na praça do Bairro Malvinas, zona leste de Mossoró-RN.

Segundo informações do agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Aurélio Rodrigues, trata-se dos dois irmãos, Geovani de Melo Nogueira e Jeferson de Melo Nogueira, 23 e 21 anos respectivamente. Ambos foram encaminhados para Delegacia de Homicídio na tarde desta segunda-feira (5).

Eles teriam cometido o crime motivado por vingança pela morte de Jean de Melo Nogueira, de 18 anos, há três meses, Na época, a vítima estava com outros três amigos (dois homens e uma mulher) no local quando teria se aproximado os suspeitos numa motocicleta grande já atirando. Jean de Melo sofreu tiro na cabeça e não resistiu.

No ataque da noite deste domingo (4), a mãe do bebê, Débora Maria Bezerra de Sousa, de 20 anos, que também foi baleada, está internada em estado muito grave no Hospital Regional Tarcísio Maia. Já o pai do garoto, Francisco Iranilson Bezerra da Silva, de 23 anos, também foi baleado, o verdadeiro alvo do ataque. Está fora de risco de morte. Os dois internados no Hospital Regional Tarcísio Maia. Ela apresenta um caso mais grave que o dele. Quanto à criança, o velório e o sepultamento ocorreram na tarde desta segunda-feira (5).

Os dois suspeitos estavam fugindo de Mossoró para Natal quando foram presos na BR-304 entre os município de Lajes e Caiçara dop Rio dos Ventos.

Com os suspeitos, os policiais conseguiram apreender uma arma que teria sido usada no crime e cerca de 400 gramas de maconha. Os dois suspeitos foiram levados para a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa de Mossoró para serem autuados em flagrante.

Além de responder pelo assassinato do bebê Antony Galeb, os dois vão responder também por tentar matar Débora Maria e Francisco Iranilson. O inquérito terá no comando os delegados Rafael Arraes e Liana Aragão.

Os dois suspeitos apontaram um terceiro participante do crime contra a criança e indicaram o local onde os policiais poderiam encontrá-lo. A polícia foi em busca e encontrou um adolescente que foi levado à delegacia , onde prestam depoimento. A Polícia Civil informou que deve prestar mais esclarecimentos à imprensa sobre o crime ainda esta noite.

Mossoró Hoje