Absurdo; homem mata cachorro em Catolé do Rocha com 10 facadas

absurdo homem mata cachorro em catole do rocha com 10 facadas

Policiais civis da cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba, estão à procura do homem que matou com dez facadas uma cadela de estimação no último domingo (6). O fato ocorreu na casa do próprio suspeito, situada no centro da cidade, a 393 quilômetros de João Pessoa, e comoveu a população do local.

Segundo testemunhas, o agressor teria praticado o crime após se revoltar com os latidos do animal. Ele fugiu após o fato. O caso está sendo investigado pelos delegados Homero Perazzo Filho e Sylvio Rabello.

De acordo com Sylvio Rabello, delegado seccional de Catolé do Rocha, a polícia começou a investigar o caso assim que foi informada do ocorrido. “Além de uma associação que trabalha em defesa dos animais, familiares do suspeito também procuraram a polícia. O delegado plantonista Homero Perazzo compareceu no local do crime junto com sua equipe e adotou as primeiras providências, como ouvir testemunhas, identificar o autor do crime e expedir intimações”, detalhou.

Os policiais da cidade foram acionados para localizar o suspeito, porém ele ainda permanece desaparecido. “Recebemos informações de que ele está fora da cidade, mas estamos fazendo diligências no sentido de localizá-lo. Parentes disseram que é portador de doenças mentais e teve um surto psicótico, mas ainda estamos investigando. Além de matar o animal, ele fez ameaças de morte contra familiares. Se ele não aparecer, iremos representar pela prisão preventiva do mesmo”, afirmou Silvio Rabelo.

Catolé em Foco
FONTE: Repórter PB

Mais notícias em catoleemfoco.com
Nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter
Entre no grupo do whatsapp (Clique no número): Grupo 01, Grupo 02 ou Grupo 03

Jornalista, escritor e sempre lutando pela verdade, tenho como meta levar as notícias de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.

Deixe seu cometário